ENVIAMOS PARA TODO BRASIL

Os princípios para começar a pintar


Pintura é o exercício da construção de uma representação colorida, seja monocromática ou policromática, sobre uma superfície.

Toda obra de arte, no caso, a pintura, demanda projeto prévio e formulação inicial, podendo este ser um desenho, um esboço ou mesmo uma ideia apenas. Alguns realizam desenhos elaborados, outros fazem esboços rápidos e outros pintam a la primma, que é como se denomina o tipo de obra sem elaboração preliminar. Como exemplos de estratégias dessas preparações, notamos que, na abordagem de uma paisagem campestre vista à distância, quase sempre basta um estudo levemente esboçado, com a indicação dos espaços, volumes e acidentes. Já na preparação de um retrato de família, cada detalhe é essencial. A observação do grupo deverá ser criteriosa, com indicações de lugares, apreciação de detalhes fisionômicos, sugestões de áreas sombreadas e iluminadas, percepções de aspectos psicológicos, etc.

Os assuntos de que vamos tratar referem-se a noções compositivas, enfocadas a partir do tratamento de elementos formais relevantes à criação de uma pintura.

Enquadramento:

O primeiro assunto se refere ao enquadramento, que é o ajuste perceptivo do que está sendo visto ou pensado pelo artista. Enquadramento é uma forma seletiva de olhar, pois, todo olhar é um olhar pessoal e que enquadra diferentemente aquilo em que se está pensando ou que está à frente.

Para compor uma pintura é necessário escolher o quanto o tema central precisa estar mais perto ou longe do observador. Por exemplo, se a escolha for uma vista urbana que exalte as qualidades de uma cidade, a visão panorâmica é ideal. É ela que vai enfatizar o tamanho, a área de céu que envolve a cadeia de edifícios e casas e os altos e baixos das árvores. Mas, se a pintura tiver como tema uma praça da cidade, deve-se optar pelo olhar mais próximo, detalhando os brinquedos, jardins e pessoas.

Proximidade e Distância

O passo seguinte é lidar com as noções de proximidade e distância, essenciais à dinâmica da perspectiva, sendo esta última a maneira pela qual nos aproximamos da superfície ao fundo através de planos compositivos.

Contraste:

Em seguida, vamos estudar o contraste e sua importância através da presença da luz e da sombra, bem como do antagonismo das verticais e horizontais. Os contrastes existem na própria vida, é só olhar em torno: curvo e reto, alto e baixo, liso e hachurado, claro e escuro. Em termos de pintura, esses contrastes são essenciais para dinamizar a composição, sendo possível explorá-los de forma a tornar uma composição mais vibrante.

Perceba a importância dos contrastes a partir das formas: verticais e horizontais, grossas e finas, duras e sinuosas. O contraste mais utilizado, porém, para enfatizar uma pintura é o que se refere aos valores tonais, ou seja, ao uso de claro e escuro, que é o que contrasta zonas claras e escuras.

Essa é a forma de ajustar à vista e selecionar o melhor ângulo a ser trabalhado. O visor ajuda a potencializar a visão, realçando o melhor ângulo e eliminando o que é supérfluo, isto é, os elementos desnecessários. É uma maneira de simplificar a composição tornando-a vibrante e interessante.

As características da cor:

Neste espaço, vamos entender como a cor se comporta e se define através de vários elementos que entram na sua constituição e na interação dentro de uma composição. A cor pertence a uma escala cromática, na qual se alinha dentro de uma sequência. A cor é um elemento característico que não pode faltar na pintura. Ela é constituída por 3 elementos principais: matiz, tom e intensidade.

O matiz é aquilo que a caracteriza e a diferencia, é a qualidade pela qual é conhecida. Por exemplo, quando falamos de uma cor vermelha, o que caracteriza essa cor é o seu matiz vermelho. O tom de uma cor é definido pela entrada maior ou menor de luz. Assim, um tom claro é aquele com maior quantidade de luz, enquanto o escuro é o que recebe pouca luz. A terceira característica ou elemento é a intensidade: chamamos de intensa uma cor com mais quantidade de matiz e de opaca uma cor com menos quantidade de matiz.

A escala cromática é conjunto de cores que se ordenam através de um esquema de coloração sucessiva e que funciona como uma espécie de gradação tonal que vai do claro ao escuro ou, inversamente, do escuro ao claro.

Para ver mais detalhes e estudar mais as cores veja nossos outros tópicos já comentados aqui no site.


Mais tópicos sobre a cor:

Vincent Van Gogh, um clássico da arte moderna
Vincent Van Gogh, um clássico da arte moderna

A rigor, a obra de Vincent van Gogh não pertence a nenhuma corrente artística específica. Na falta de uma classificação mais precisa, costuma-se incluí-la no rótulo genérico do pós-impressionismo, termo criado posteriormente para definir um grupo de artistas, de diferentes estilos e tendências, surgidos no final do século 19.

Arte: Fundamentos da Pintura
Arte: Fundamentos da Pintura

Como começar a pintar? Para começarmos a pintar é importante termos noções básicas de como se forma uma pintura, enquadramento, técnicas utilizadas, estuda da cor, profundidade, entre outros...

A Cor por Kandinsky
A Cor por Kandinsky

As reflexões de Kandinsky sobre a cor, artista que se dedicou ao estudo da cor, de traços e linhas em seu trabalho. Tópicos retirados do livro: - Do Espiritual na Arte de Reflexão sobre a cor (primeiro meio da pintura)- cor é vibração da LUZ, como o som é vibração do espaço. Segundo meio: Forma

Tabelas para mistura de cores
Tabelas para mistura de cores

Tabelas para mistura de cores. Se sua tinta preferida acabou no meio do trabalho, acalme-se, tente alcançar uma tonalidade semelhante utilizando as misturas que sugerimos abaixo. Com a utilização dessa tabela é possível obter muitas cores e tons com as cores básicas.

Harmonia das Cores
Harmonia das Cores

Neste capítulo você aprenderá de maneira interativa mais algumas definições sobre as cores, e também verá como a cor pode ser usada para criar ilusões e alterar visualmente as dimensões dos ambientes. Intensidade, Tom, Valor, Sombra, Matiz... Cores primárias, secundárias, complementares, análogas, neutras...

Teoria da Cor: O universo da cor
Teoria da Cor: O universo da cor

A cor pode transformar, animar e modificar um ambiente. Todos nós reagimos à cor, e atualmente, é possível levá-la a todas as áreas da vida pelo uso de materias, tecidos e tintas. O uso de uma ou várias cores no ambiente pode alterar a comunicação, as atitudes e a aparência das pessoas presentes; a cor pode acalmar, reduzir o estresse e a violência ou aumentar a vitalidade e a energia.

História das Cores
História das Cores

Uma breve passagem pela História das Cores: Desde que os primeiros homens começaram a usar as cores como forma de magia para atrair, através de seus poderes, a tão preciosa caça, as cores passaram a ter um papel cada vez mais fundamental e simbólico em todas as culturas do mundo.

Arte: Como Começar a Desenhar - Noções Básicas
Arte: Como Começar a Desenhar - Noções Básicas

Dicas simples de como começar a desenhar do zero, sem nenhum conhecimento prévio. Exercícios para iniciantes. Noções básicas para entender os fundamentos do desenho e começar um novo olhar.

Artesanato: Tipos de Palha e suas Características
Artesanato: Tipos de Palha e suas Características

Aqui você vai encontrar os principais tipos de palha utilizados na confecção de bolsas e acessórios. Sua origem, tipo de vegetação e onde é encontrada. Além de outras características que são únicas em cada palha encontrada no Brasil.

Moda: Sustentável, Eco Fashion e Eco Friendly
Moda: Sustentável, Eco Fashion e Eco Friendly

O que é isso? Por que usar produtos sustentáveis. Compromisso social e ambiental. Moda Praia Sustentável, peças feitas sem desperdício, sem danos à natureza. Consumo consciente, peças que não saem de moda.

Moda: Tipos e Modelos de Bolsas
Moda: Tipos e Modelos de Bolsas

Veja algumas nomenclaturas, tipos e estilos de bolsas Aqui uma descrição de quais modelos de bolsas e como são classificadas. E também qual o melhor estilo de bolsa para cada ocasião.

Arte: Significado e Psicologia das Cores
Arte: Significado e Psicologia das Cores

Está em dúvida de qual cor escolher? aqui um apanhado sobre psicologia das cores, como elas influenciam no visual e nos sentimentos que despertam.

Moda: Como escolher a bolsa de praia?
Moda: Como escolher a bolsa de praia?

Dicas de como escolher a bolsa de praia mais adequada para o que você precisa. Decidir sobre o tamanho e modelo pode não ser uma tarefa fácil, mas nós te ajudamos.

Powered by E-Com Plus